11 de Março de 2020 Tiago Cunha

De Olhos Postos no Futuro

Há três anos e meio, assinamos formalmente a tomada de posse da Sociedade de Tiro n.º 2 de Lisboa. Uma data que convém lembrar, não apenas pela sua efeméride, mas sim pelas propostas que vos apresentamos desenvolver e pelas metas alcançadas.

Três anos passados, podemos dizer que a modernização do nosso clube, tendo sempre o respeito e a honra da nossa História, foi sempre a nossa preocupação. Hoje, o site do nosso clube é já uma ferramenta de informação e divulgação importante para os nossos sócios, tal como as publicações nas redes sociais.

A promoção e desenvolvimento do tiro desportivo pelo nosso clube, foi sempre uma das nossas prioridades, como tal temos pautado pela realização de provas nas diversas modalidades ISSF, IPSC, MLAIC e disciplinas da FPT, com uma participação, quer pelos nossos atletas, quer por atletas de outros clubes muito relevante para a globalidade de atletas que normalmente participam em provas organizadas pela Federação Portuguesa de Tiro.

A modernização da nossa sede, não se estabeleceu apenas pelos meios de comunicação, mas também pelos meios de pagamento, de ontem se destaca a possibilidade de pagamento por referência multibanco, quer a possibilidade de pagamento por cartão de débito. A assinatura de acordos com entidades acreditadas para obtenção de atestado médico desportivo, também foi uma das nossas preocupações, tendo nesta altura, os nossos sócios, duas opções em Lisboa, a preços competitivos.

O maior e mais recente orgulho do nosso trabalho, tal como foi comunicado recentemente em convocatória postal remetida aos nossos sócios, é a Escola de Tiro. Este novo e pujante projeto, reveste-se da maior importância, pois o futuro do nosso clube, e da modalidade do tiro em Portugal, depende da motivação e captação de jovens dispostos a conhecer e a desenvolver aptidões desportivas, monitorizados por um conjunto de treinadores aptos a ministrar esses conhecimentos.

Queremos continuar a manter a Sociedade de Tiro n.º 2 o maior e mais antigo clube de tiro em Portugal, sempre de olhos postos no futuro e na dinamização sustentada de crescimento e desenvolvimento de uma imagem digna do desporto e da modalidade.

Decorum est pro patria mori

Rui Antunes

11 de Março de 2020